Aumenta a utilização de drones no monitoramento das lavouras de cana

07/03/2019
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A cada dia que passa aumenta a utilização de veículos aéreos não tripulados (drones) na agricultura. O sensoriamento remoto tem sido utilizado para o mapeamento de variações de crescimento e estimativas de produções na agricultura. Seu uso vem sendo adotado como uma importante opção para a aplicação e utilização de novos conhecimentos no setor da cana-de-açúcar, auxiliando o produtor nas estratégias de gerenciamento. A identificação e quantificação de falhas nas linhas de plantio dos canaviais, atividade que é de extrema importância para verificar a uniformidade da germinação, calcular as perdas e estimar produtividade, é uma das tarefas que vem sendo possíveis graças aos drones.

Na maioria dos casos, a forma para a detecção de falhas em linhas de plantio em culturas é realizada manualmente, o que ocasiona, segundo especialistas, erros consideráveis de estimativa e identificação. Em alguns casos utiliza-se análises com imagens de satélites, no entanto, os resultados obtidos com as estimativas muitas vezes são superficiais e não ajudam muito na tomada de decisões.

 

 Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT