CEISE Br E CIESP SERTÃOZINHO COBRAM AÇÕES DA CPFL PARA EVITAR INTERMITÊNCIA NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA

22/03/2021
CEISE Br E CIESP SERTÃOZINHO COBRAM AÇÕES DA CPFL PARA EVITAR INTERMITÊNCIA NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA

Na manhã desta segunda-feira, 22, Luís Carlos Junior Jorge, o primeiro diretor adjunto do CIESP Sertãozinho e Presidente do CEISE BR, cobrou em reunião virtual com representantes da CPFL, esclarecimentos sobre os inúmeros cortes de fornecimento de energia elétrica às indústrias de Sertãozinho sem aviso prévio.

Junior Jorge informou aos representantes da companhia de energia elétrica, que as indústrias têm registrado grandes transtornos e prejuízos com a intermitência no fornecimento de energia elétrica, pois, a inconstância do abastecimento, paralisa e danifica máquinas e compromete a produção, ocasionando prejuízos financeiros e no planejamento de entrega da produção.

Representada por Pedro Cesar Andreo de Aro – Gerente de Serviços Comerciais, que reporta diretamente à Presidência da Companhia e também por Marcos Mielo, Consultor de Relacionamento para a região de Sertãozinho, Marcio Baepe, Gerente de Obras e Manutenção e Ocimar Benzati, Gerente de Operações de Campo, a empresa reconheceu que houve falha interna de comunicação entre os departamentos da empresa.

Segundo a CPFL, as interrupções momentâneas ocorridas nos primeiros meses deste ano, foram em função dos novos investimentos na rede para aprimorar e aumentar a capacidade de distribuição de energia. “No entanto, reconhecemos que poderíamos ter informado com antecedência os usuários, o que evitaria parte dos transtornos enfrentados pelas indústrias sertanezinas”, observou Pedro De Aro.

Ainda, segundo o executivo, poderá ocorrer mais uma manobra em breve, que será informada com antecipação e a situação com relação às interrupções no fornecimento de energia será normalizada ainda nesta segunda quinzena do mês de março.

Para colaborar com a CPFL, quando da necessidade de comunicar com as indústrias, foram oferecidas as estruturas de comunicação do CEISE Br e do CIESP Sertãozinho. “É primordial que as indústrias sejam informadas de qualquer interrupção do fornecimento de energia elétrica. Um simples pico já causa problema, desliga máquina, interrompe a produção, atrasa o cronograma de produção e entrega, sem contar que muitas vezes causa danos aos equipamentos. Estabelecemos um canal de comunicação para que a CPFL divulgue aos empresários com antecedência quando houver a necessidade de interferir nas redes que servem às indústrias. Este também é um papel das nossas entidades”, disse Junior Jorge.

Também participaram da reunião, o Gerente de infraestrutura do CIESP São Paulo, Sérgio Ojima e o Gerente Executivo do CEISE Br, Paulo Garefa, que serão informados das futuras manobras da CPFL nas redes que alimentam as indústrias da cidade para que as entidades possam emitir comunicado com antecedência aos seus associados.

A CPFL se comprometeu também a informar os últimos investimentos realizados pela companhia no último ano, para conhecimento dos usuários.