DOAÇÕES DE ASSOCIADAS CEISE BR VIABILIZAM INSTALAÇÃO DE NOVO TANQUE DE OXIGÊNIO NA SANTA CASA DE SERTÃOZINHO

26/03/2021
DOAÇÕES DE ASSOCIADAS CEISE BR VIABILIZAM INSTALAÇÃO DE NOVO TANQUE DE OXIGÊNIO NA SANTA CASA DE SERTÃOZINHO

O novo reservatório dobra a capacidade de armazenamento de oxigênio para atendimento de pacientes do hospital

Atendendo ao pedido urgente da diretoria da Santa Casa de Sertãozinho, o CEISE Br (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis) mobilizou as empresas associadas para doação de material e mão-de-obra para construção de base provisória para receber novo tanque de oxigênio no hospital filantrópico.

Em razão do aumento da demanda de oxigênio em razão da pandemia de COVID 19, houve a necessidade de substituir o tanque que atendia o hospital por um com o dobro da capacidade.

Para não interromper o fornecimento aos pacientes, uma base em provisória de chapas de aço, sendo: uma de 3,0 x 3,00m com 13mm e três chapas de 1,30x1,30M em chapa ¾ (três quartos) foi preparada para receber o novo reservatório

O esforço de todos foi compensado na manhã desta quinta-feira, 25, com a instalação do novo tanque de oxigênio que traz mais tranquilidade para o atendimento hospitalar na Santa casa de Sertãozinho.

“Nós da indústria, sempre fizemos o possível para ajudar. Este é um momento de união em favor da vida. As empresas associadas deram um exemplo de ato de solidariedade, compreensão e principalmente compaixão. Parabéns as empresas, que faço questão de nomear: SIMISA, TUBESTEEL, PROCESS e EngClarian e, claro, à diretoria do CEISE Br que colaborou na articulação para que tivéssemos as doações em tempo recorde.” Afirmou Júnior Jorge.

O Presidente destaca também que a entidade acabou de deflagrar a campanha: BÁSICO É NÃO TER FOME, que vai arrecadar cestas básicas que serão doadas para o Fundo Social de Solidariedade do Município de Sertãozinho que administrará sua distribuição para as famílias em situação de vulnerabilidade cadastradas na Secretaria de Assistência Social.

“Infelizmente, a pandemia afetou não somente a saúde das famílias, mas também a economia, e com isso, muitos perderam as condições de sustentar suas famílias. Temos que nos unir e ajudar. Pedimos aos empresários que contribuam com doações. Estas doações serão entregues ao Fundo Social de Solidariedade que distribuirá às famílias em situação de vulnerabilidade”. Conclui Júnior Jorge.