ISC Brasil apresenta impactos da Inteligência Artificial na segurança

10/06/2019
Congresso ISC terá mais de 150 horas de conteúdo de alta qualidade e impacto no mercado de segurança brasileiro. (Crédito: Divulgação)
Congresso ISC terá mais de 150 horas de conteúdo de alta qualidade e impacto no mercado de segurança brasileiro. (Crédito: Divulgação)

Um dos grandes desafios do gestor de segurança é preparar suas equipes para o futuro. E a inteligência artificial vem para somar esforços à operação. A ISC Brasil - realizada entre os dias 25 e 27 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo -, trará uma grade extensa de conteúdos ligados ao tema.

No dia 26 de junho, o Congresso ISC Brasil trará a palestra "Tecnologia e Inovação na Segurança", em que o LATAN Cluster Security Manager na Amazon, Fernando Fainzilber, falará sobre "Inteligência Artificial (AI) aplicada à Segurança: Oportunidades e Desafios".

"O objetivo é mostrar as oportunidades de uso de tecnologias de inteligência artificial como potencializadores do ganho de eficácia e eficiência no uso dos recursos investidos em segurança. Além de ser uma oportunidade para passarmos de um modelo antiquado e baseado em recursos humanos para um mais arrojado, com base em tecnologia de ponta e recursos humanos de alta qualificação para tratamento dos eventos e reação quando necessário", afirma Fainzilber.

Isso porque, a interação das tecnologias com profissionais capacitados aumenta os benefícios dos sistemas de segurança, trazendo agilidade, aprimorando os processos e a eficiência, além de reduzir custos e potencializar os benefícios para pessoas, empresas e sociedade.

Para Fainzilber, o mercado de segurança ainda caminha de forma lenta no que tange ao uso de tecnologias. "Tanto no segmento de segurança pública quanto de segurança privada são poucas as empresas que investem de forma real e consistente em inteligência e tecnologia", diz.

Segundo ele, câmeras, sensores, alarmes, cercas elétricas, embora sejam elementos tecnológicos de segurança, são antiquados sob o aspecto conceitual. "A boa segurança é aquela que se faz de forma preventiva, salvaguardando a real segurança e a sensação de segurança, elementos essenciais de um binômio obrigatório", diz. "Prevenção se alcança por meio do uso de inteligência na identificação de padrões e perfis criminológicos, de tal maneira a compreender o criminoso, detectar sua atuação em momentos iniciais e deixar claro que essa atuação foi percebida, dissuadindo-o da evolução no intento criminoso", reforça.

Por isso, ele garante que é preciso investir no desenvolvimento de inteligência e tecnologia, deixando o recurso humano como operador qualificado de um sistema complexo e como força de reação, quando a postura preventiva não for bem-sucedida.

"Neste contexto, a ISC Brasil é uma excelente oportunidade para profissionais do segmento entrarem em contato com fornecedores, novas tecnologias e metodologias. Além de ser um ambiente que fomenta contatos de negócios, alavanca ideias e inovações, e promove o desenvolvimento de um networking que agregue valor aos profissionais envolvidos e às empresas expositoras", finaliza.

Congresso ISC Brasil

A 14ª edição da ISC Brasil traz em sua programação o Congresso ISC Brasil. Com uma grade focada na atualização profissional e capacitação técnica, o evento apresentará conceitos inovadores, tecnologias e recursos da indústria do segmento para aplicação de soluções integradas de segurança eletrônica, patrimonial e privada, pública e digital. No total, serão mais de 150 horas de conteúdo de alta qualidade e impacto no mercado de segurança brasileiro.

14ª edição ISC Brasil

Mais de 18 mil visitantes são esperados na 14ª ISC Brasil. Com a presença de mais de 150 expositores, a feira deve movimentar mais de R$ 800 milhões em negócios. O pré-credenciamento para visitantes já está aberto e os interessados devem fazer sua inscrição, que é gratuita, no www.iscbrasil.com.br/Credenciamento/ 

 

Fonte: Phábrica de Ideias - Assessoria de Imprensa ISC Brasil