Nove usinas iniciaram processo de certificação no RenovaBio desde 17 de dezembro

13/01/2020
Nove usinas iniciaram processo de certificação no RenovaBio desde 17 de dezembro
De 17 de dezembro até hoje, nove usinas produtoras de biocombustível iniciaram o processo de certificação para participarem do RenovaBio, e outras 35 encerraram a etapa de consulta pública sobre sua certificação, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Desde o início até o momento, 222 unidades produtoras de biocombustíveis iniciaram o processo de certificação, das quais 21 comunicaram que vão realizar consultas públicas, 61 estão com consultas em andamento e 66 encerraram essa etapa do processo. Uma teve a consulta suspensa até o momento e há ainda mais 67 consultas públicas que não foram comunicadas.

Dentre as 66 que já encerraram suas consultas, 43 estão aguardando o relatório das firmas inspetoras sobre o resultado --- que pode levar a uma alteração na nota de eficiência energética, que é a base de cálculo para a emissão dos Certificados de Descarbonização (CBios) ---, 18 estão aguardando a análise final da ANP e cinco estão cumprindo exigências feitas pelas firmas inspetoras.

De dezembro para cá, não houve novas usinas certificadas. Desde o início do processo, são seis usinas certificadas.
 
 Fonte: Valor Econômico 10/01 | Texto extraído do boletim SCA