Potencial da produção de etanol de milho é de 2,5 bilhões litros na safra 2020/21

10/08/2020
Potencial da produção de etanol de milho é de 2,5 bilhões litros na safra 2020/21

A produção brasileira de etanol de milho, sobretudo na região Centro-Oeste, tem potencial para alcançar 2,5 bilhões de litros na safra 2020/21, contra 1,6 bilhão de litros da temporada 2019/20, afirmou o presidente da União Nacional do Etanol de Milho (UNEM), Guilherme Nolasco, nesta quinta-feira (6), durante o webinar “DATAGRO Abertura de Safra, Soja, Milho e Algodão 2020/21″.

Nolasco ressaltou ainda o avanço do DDG, resíduo do milho usado para fabricação de etanol, como ingrediente para alimentação animal, devido ao seu elevado valor proteico.

No webinar moderado pelo presidente da DATAGRO, Plinio Nastari, o presidente da Aprobio, Erasmo Battistela, destacou que à medida que avança o percentual de mistura de biodiesel no diesel, o volume de soja destinado à fabricação do biocombustível deverá saltar das atuais 22 milhões de toneladas para cerca de 100 milhões em 2030, quadruplicando a demanda pela oleaginosa.

Sérgio Bortolozzo, presidente da Câmara Setorial do Milho e Sorgo do Ministério da Agricultura e ex-presidente da Abramilho, afirmou que o advento do etanol de milho somente ampliou as oportunidades para cadeia produtiva do grão, que será capaz de garantir oferta tanto para produção de alimentos, ração animal e geração de energia.

 

Fonte: Jornal Cana / Andréia Vital