Presidente do CEISE Br participa da Abertura de Safra Cana em Ribeirão Preto

15/03/2019
Presidente do CEISE Br participa da Abertura de Safra Cana em Ribeirão Preto

O presidente do CEISE Br, Luis Carlos Jorge, participou da cerimônia da Abertura de Safra Cana, Açúcar e Etanol 2019/20, que reuniu empresários e lideranças setoriais, em Ribeirão Preto, na última quarta-feira, 13. Os anfitriões do evento, Plínio Nastari, presidente da DATAGRO, e Mario Roberto Leão, vice-presidente executivo do Banco Santander Brasil, ainda receberam Arnaldo Jardim, deputado federal e presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Setor Sucroenergético; Itamar Borges, deputado estadual; Gustavo Diniz Junqueira, secretário da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo; Antonio Duarte Nogueira, prefeito de Ribeirão Preto; Miguel Ivan Oliveira, diretor de Biocombustíveis do MME; André Rocha, presidente do Fórum Nacional Sucroenergético; Alexandre Andrade Lima, presidente da FEPLANA e da Câmara Setorial do Açúcar e Álcool; Evandro Gussi, presidente da UNICA; Eduardo Romão, presidente da ORPLANA; e Ricardo Tomczyk; presidente da UNEM.  

Em seu discurso, Jorge ressaltou a importância da Política Nacional de Biocombustíveis para a cadeia produtiva da cana-de-açúcar e alertou sobre a necessidade de medidas direcionadas à indústria de base. “A indústria fabricante de máquinas e equipamentos ainda tem enfrentado barreiras para o seu desenvolvimento. Com a última crise econômica e setorial, foi brutalmente atingida com a baixa de pedidos, inclusive de reformas, o que a obrigou a paralisar áreas inteiras, acarretando demissões em massa. Essas mesmas empresas estão aguardando com muita expectativa o retorno dos investimentos, que poderão acontecer com o andamento do Renovabio. Sendo assim, reitero a importância do setor sucroenergético para o desenvolvimento e crescimento sustentável do País, enquanto produtor de açúcar, etanol e energia, de fonte limpa e renovável, ao mesmo tempo em que quero advertir que a indústria também faz parte dessa cadeia, que também é protagonista desse setor que gera milhares de empregos e renda”, disse.  

Sobre a previsão para a safra 2019/20 na Região Centro-Sul, que começa em abril, Plínio Nastari mostrou que, quanto à cana-de-açúcar, a moagem deve chegar a 583 milhões de toneladas. Para o etanol, a produção estimada é de 30,2 bilhões de litros, enquanto o açúcar deve atingir 29,7 milhões de toneladas no período.