Vale do Paraná é a primeira usina a iniciar consulta pública para certificação no RenovaBio

11/06/2019
Vale do Paraná é a primeira usina a iniciar consulta pública para certificação no RenovaBio

A Vale do Paraná é a primeira usina do setor sucroenergético a colocar em consulta pública seus dados para certificação do Renovabio. A consulta pública tem duração de 30 dias e detalha as informações auditadas pela Certificadora SGS. Finalizado esse processo, a unidade da Vale do Paraná, em Suzanápolis, poderá obter a sua nota de eficiência energético ambiental junto à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e estará autorizada a emitir os créditos de dercarbonização (CBios).

De acordo com o processo divulgado, a empresa apresentou informações primárias para 100% da produção e atendeu aos critérios de elegibilidade em todas as propriedades produtoras de biomassa.

A etapa de consulta pública visa dar transparência à certificação e é um dos procedimentos que compõe o processo definido pela ANP na Resolução nº 758 de 2018, publicada em novembro de 2018, para a obtenção do Certificado de Produção Eficiente de Biocombustível.

“Essa iniciativa retrata o esforço que tem sido realizado pelo setor produtivo para atender os critérios de certificação e garantir a participação dos produtores no RenovaBio. Esse é apenas o início de um processo que deve se intensificar nos próximos meses”, ressalta o gerente de economia e análise setorial da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Luciano Rodrigues.

A UNICA tem promovido workshops regionais para esclarecer levar informações sobre o processo aos produtores, esclarecer dúvidas das usinas e estimular a certificação de novas unidades produtoras. O último workshop aconteceu na última passada em Sertãozinho, contou com a participação da Abraveri e da ANP, reunindo mais de uma centena de participantes.

 

Fonte: UNICA